NOTA DE CANCELAMENTO: Show de Larissa Manoela

A Iris Produções, produtora local do show de Larissa Manoela, recebeu uma nota de cancelamento da produção da artista, no dia dia 11 de dezembro de 2019, informando o cancelamento do seu show de Salvador, que aconteceria dia 21 de dezembro, na Concha Acústica.

Segue abaixo a nota da íntegra, assim como as informações sobre solicitação de reembolso para quem havia comprado ingresso.


A Produção de Larissa Manoela informa que o show da artista, que faria em Salvador, na Concha Acústica, no próximo dia 21 de dezembro, para divulgar o novo disco, “Além do Tempo”, infelizmente foi cancelado.

Os fãs que adquiriram ingressos terão o valor reembolsado. Os valores estornados incluirão: valor do ingresso e taxa de conveniência, se houver. Ingressos cortesia não serão restituídos.
– As compras realizadas via Site, Aplicativo e Contact Center da Ingresso Rápido serão estornadas através do cartão de crédito utilizado e constarão na próxima fatura ou subsequente do mesmo cartão. O prazo passará a contar a partir do recebimento do e-mail de confirmação do cancelamento.- Se você adquiriu ingressos na Bilheteria do TCA ou dos SACs, o titular da compra deve se dirigir ao local de compra, apresentando documento oficial com foto e CPF, além do cartão de crédito/débito com o qual realizou a compra, e o ingresso do espetáculo. No caso de compras em  cartão de crédito o estorno constará na próxima fatura ou subsequente do mesmo cartão. Para compras em débito, o valor será estornado diretamente na conta vinculada ao cartão e ficará disponível na conta em até 15 (quinze) dias úteis após a data do cancelamento no sistema. Este prazo poderá ser alterado de acordo com o banco emissor, e tem validade a partir da data de confirmação do cancelamento. Compras em dinheiro serão estornadas por depósito bancário. Para maiores informações, consulte https://www.ingressorapido.com.br/policies.

ATENÇÃO: A Ingresso Rápido não se responsabiliza por ingressos adquiridos fora dos canais de venda citados neste comunicado.Em caso de dúvidas, entre em contato pelo WhatsApp da Ingresso Rápido pelo link:
https://api.whatsapp.com/send?phone=5519991264730&text=Oi


Atenciosamente,
ASSESSORIA DE IMPRENSA – LARISSA MANOELA

MAIS INFORMAÇÕES À IMPRENSA – MOTISUKI PR 
REGIS MOTISUKI – regis@motisukipr.com.br
BEATRIZ DUARTE – bia@motisukipr.com.br

Sua foto com os maninhos do Authentic Games está aqui

No dia 20 de outubro, o Teatro Castro Alves foi inundado por uma grande aventura liderada pelo youtuber Marco Tulio. Um espetáculo com música, mistérios, aventura, minercraft e mensagens positivas sobre amizade e família. No final do espetáculo, o Authentic recebeu todas as crianças, com direito a autógrafos e fotos exclusivas. O resultado está na galeria abaixo. Será que tem foto do seu filho, sobrinho, afilhado ou neto? Procura aí que você acha o seu pimpolho!

Foto: Cycero Tavares

Irá Carvalho: 35 anos dedicados ao entretenimento baiano

Aos 25 anos, em 13 de julho de 1984, Irailda Carvalho de Jesus, ou irá Carvalho como todos conhecem, começou oficialmente  a sua carreira de produtora cultural. O show era “Fullgás”, de Marina Lima, que lotou o Teatro Castro Alves por 3 dias. Mas sua paixão pela música começou muito antes, ainda na década de 70, quando ela assistiu ao seu primeiro show: Gil e Jimmy Cliff, em uma casa de show na Cidade Baixa, onde ela passou grande parte da sua infância. Filha mais velha de uma família de 8 irmão, 5 deles produtores como ela, Irá sempre foi apaixonada por música e conta que ainda na infância era a agitadora cultural na escola. “Eu sempre gostei de organizar festas e eventos, ainda na escola. Quando tinha festa da primavera ou dia das mães eu estava lá ajudando na decoração, na divulgação. Sempre estava envolvida com arte”, lembra.

Em 1984 ela montou uma produtora, a Shock Produções, com o seu ex-marido, que apresentou o mundo para produção para ela, e, de lá para cá, ela trilhou a sua própria história. Na Shock, fez shows memoráveis de grandes artistas do cenário MPB e pop-rock. Desde os nacionais, como Paralamas, Titãs, Legião Urbana, Barão Vermelho, Biquini Cavadão, Ira, Camisa de Vênus, Kid Abelha, Cazuza, Lulu Santos, Djavan, Marisa Monte, Beto Guedes, Toquinho, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Geraldo Azevedo, entre tantos outros. Até internacionais, como o A-Ha, no Centro de Convenções da Bahia, em 1991. “Foi uma experiência incrível fazer esse show. O primeiro show internacional, que nos ensinou muito. Montamos uma mega estrutura para receber uma equipe de mais de 100 pessoas e deu tudo certo”, conta.

Na sua trajetória, depois da Shock Produções, Irá correu o Brasil com o cantor Netinho, logo após a sua saída da banda Beijo, na década de 1990; em 2001 foi para a Maianga Produções; e em 2005 criou a Íris Produções, a empresa que hoje se confunde com a história da sua vida. “Olha, das bandas nacionais, diria que fiz quase todas”, diz Irá Carvalho. Porém, lembra que teve um show que ela adoraria ter produzido, mas que infelizmente não conseguiu que era com o Tim Maia. Ela ainda confessa que se sente um privilegiada por ter produzido shows de artistas os quais ela era fã. “Sempre fui fã de Caetano Veloso e Gilberto Gil e a oportunidade de fazer um show deles foi de grande realização”, conta. 

Eu sempre gostei de organizar festas e eventos, ainda na escola. Quando tinha festa da primavera ou dia das mães eu estava lá ajudando na decoração, na divulgação. Sempre estava envolvida com arte

Irá Carvalho

Nessa estrada muitas histórias boas e engraçadas, muitos shows marcantes, muitas emoções, muitas amizades que ela leva para a vida durante todo esse tempo.  Mas, nem tudo foram flores. Irá conta que na década de 1990 passou por grandes dificuldades com o boom da axé music. “Focamos nos shows de pop-rock e quando o axé veio com tudo, passamos uma fase de muita dificuldade, com shows vazios de artistas que antes lotava. Perdemos muito dinheiro”, relembra. Mas, isso (ou qualquer outra intempérie) nunca foi motivo para Irá Carvalho desistir da carreira. Ao contrário, era um incentivo a pensar em novas formas de driblar as dificuldades e continuar a fazer o que ela sempre amava. “A gente começou a juntar os artistas, fazendo show com uma atração do cenário pop e outro de axé, como forma trazer o público de volta aos shows”. Foi daí que nasceu, por exemplo, o Rock Concha, que teve a sua primeira edição em 1989, marcando Salvador, também, como o local do rock ‘n roll.

Além de muitos shows, Irá foi responsável por muitos projetos: o Rock Concha, como citado, além do “ Projeto Astral”, em 1992, que trouxe, entre outros artistas, a Elba Ramalho; “Encontros de Verão”, em 2006/2007, que unia no mesmo palco artistas consagrados durante o verão de Salvador, como Los Hermanos e Adriana Calcanhoto, Jau e Caetano Veloso, Zeca Baleiro e Zélia Duncan,  Flávio Venturini e Vander Lee, e voltou em duas edições no ano de 2011, com Daniela Mercury e Titãs, Jammil e Paralamas do Sucesso; “Circuito das Artes”, que unia música, artes plásticas, cinema, teatro, dança, moda etc, com atrações como Frejat, Toni Garrido, Jau, Marina Lima, Thai, Zé Ramalho, Zeca Baleiro, entre outros; “Sintonia Musical”, em 2009, em parceria com a Uny Eventos, reforçando a força rock com CPM 22, Vivendo do Ócio, Os Algas e Hardcall; “Baile dos Mascarados”, em 2011, que resgatava os antigos carnavais, no Clube do Fantoche da Euterpe, em três edições e shows de Lenine, Moraes Moreira, Otto, Baiana System, Márcia Castro e Trio 3 na Folia (formado por Manuela Rodrigues, Cláudia Cunha e Sandra Simões) – [VER GALERIA ABAIXO].

Parte desse seu amor pela produção, também passa por uma conexão com Salvador, terra que ela ama e que, apesar de ter recebido inúmeros convites para trabalhar fora da cidade, nunca os aceitou pois sempre acreditou que seu trabalho só fazia sentido aqui. “É muito difícil de trabalhar com produção de shows e eventos em Salvador, mas eu sempre acreditei e sempre busquei transformar o cenário local, em trazer atrações que o público de Salvador merecia”. Baiana convicta, daquelas que veste branco toda sexta-feira, Irá é ciente sobre o que teve que passar na sua trajetória por ser uma produtora baiana, negra e mulher. “Sofri muito preconceito, especialmente por ser mulher. É uma profissão dominada pelos homens, principalmente se você trabalha como eu, negociando para trazer bandas, lidando com empresários. Mas, eu nunca tive medo de me jogar. Hoje, tenho mais consciência por conta de todo esse debate sobre empoderamento”. Irá conta que já foi barrada por seguranças na portaria de shows produzidos por ela e tem consciência dos traços culturais carregado pelo racismo: ”já fui barrada por segurança na porta de show meu, pois ele não imaginava que eu poderia ser Irá Carvalho, mas eu não culpo o segurança, sei que isso são traços culturais de anos”.

É muito difícil de trabalhar com produção de shows e eventos em Salvador, mas eu sempre acreditei e sempre busquei transformar o cenário local, em trazer atrações que o público de Salvador merecia

Irá Carvalho

Irá Carvalho define a sua trajetória em três palavra: “oportunidade, dedicação e fé” e tem muito orgulho de tudo isso que construiu. Fez amigos da música, como Bi Ribeiro, a quem ela chama de “um grande irmão”, José Fortes, empresário de Os Paralamas, que é padrinho de seu filho, Jorge Vercillo, “fiz quase todos os shows dele em Salvador e tenho uma amizade e carinho muito grande por ele”, além dos não famosos que encontrou pelos bastidores  e fazem parte da sua vida até hoje.

Irá Carvalho completa 60 anos hoje, 12/08, e está longe de pensar em parar: “Enquanto eu estiver bem, principalmente com o meu físico, eu vou trabalhar. Se eu puder, trabalharei até os 80 anos, depois posso pensar em parar, ir para o interior e deixar tudo aí para meus filhos continuarem”, fala. Por falar em filhos, Irá se considera uma mãe leoa e o legado de produção da família perdurará, se depender de Mariana de Jesus e João Paulo, produtores já conhecidos em Salvador.


Confira o primeiro de uma série de vídeos que estamos preparando para a comemoração desses 35 anos de carreira de Irá Carvalho. Acompanhe por aqui e em nossas redes sociais.

CRÉDITOS: Roteiro/Pesquisa de Acervo: @gavetadopensamento \\ Captação de Áudio e Vídeo/Edição: @voltadomundo.producoes \\ Make: @manuelabramont \\ Agradecimento à Rose Lima, e toda equipe do Complexo TCA, por disponibilizar que a gravação fosse realizada na Concha Acústica.

São 35 anos de história, contada em umas boas imagens que separamos para vocês.

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Nova data/local do show do Authentic Games

NO show do “Authentic Games Aventura no Circo”, divulgado para ser realizado dia 06/07, na Concha Acústica, foi cancelado por motivos que fogem da nossa alçada. Porém, buscando atender ao nosso público que tanto estimamos, estabelecemos uma nova data para o espetáculo e, também, um novo local. Ele acontecerá dia 20/10, na Sala Principal do TCA.

COMO ASSIM?
Por motivos que não podemos interferir, julgamos que seria prudente realizar essa mudança. Infelizmente, por questões de pauta do teatro, não conseguimos que ele fosse realizado na mesma data programada, só sendo possível remanejar para o dia 20/10. Lamentamos profundamente o ocorrido e sentimos muito por esse mal estar. Mas, gostaríamos que soubessem que a decisão foi pautada pelo respeito e honestidade ao público que prestigia os nossos eventos.

COMPREI O INGRESSO. E AGORA?
Não se preocupe. Certamente você já recebeu um email informando sobre os procedimentos. ENTRE OS DIAS 25/06 A 14/07, você poderá solicitar o reembolso, recebendo o valor pago integralmente, ou trocar pela nova data estabelecida, sem nenhum acréscimo (para esse espetáculo será considerado o acesso a poltronas livres).

Para troca ou reembolso:
>> Caso você tenha realizado a compra na bilheteria do TCA (Campo Grande) ou nos balcões dos SAC’s nos shoppings Barra e Bela Vista, dirija-se à bilheteria do TCA com documento oficial com foto, CPF e o cartão de crédito/débito em que a compra do ingresso foi realizada.
>> Para compras realizadas no site e aplicativo do @ingressorapidooficial, entre em contato através do WhatsApp: 19 99126 4730 (horário de atendimento de segunda à sábado, das 11h às 19h, exceto feriados).

JÁ QUER COMPRAR PARA A NOVA DATA?
Espera só um pouquinho. Novos ingressos poderão ser adquiridos a partir do dia 15/07. Pedimos, novamente, desculpas pelo inconveniente, mas foi a melhor medida a ser tomada para o evento.

De antemão, agradecemos a compreensão de todos.

Você, mainha e Djavan no Dia das Mães. Participe dessa promoção

Dia das Mães já é uma data especial por si só, mesmo a gente sabendo que amor de mãe se comemora o ano inteiro. Mas, qual a mãe que não espera ter um dia especial nesse segundo domingo de maio? Por aqui estamos fazendo a nossa parte. Teremos um segundo dia de apresentação do show “Vesúsvio”, com Djavan, dia 12/05, na Concha Acústica. Promessa de uma apresentação recheada de emoções, com um repertório para deixar qualquer mamãe derretida de alegria.

E, claro, para comemorar, TEM PROMOÇÃO!
Tem presente melhor que levar ‘mainha’ para o show de Djavan e ainda ter a oportunidade de vocês o conhecerem no camarim? Pois, a oportunidade está lançada. Só participar da promoção “Mainha, Djavan e Eu” que acabamos de lançar.

Grave um vídeo-depoimento com você a sua ‘mainha’ contando porque ela é a melhor mãe do mundo e merece esse #DiaDasMães especial na companhia do filh@ maravilhos@ e seu grande ídolo Djavan. O vídeo deve ser postado no seu perfil do instagram com a hashtag #MainhaDjavanEEuNaConcha e marcando o nosso perfil @iris.producoes. O melhor vídeo, escolhido pela produção, ganha 1 par de ingresso para o show do dia 12/05 e a oportunidade de conhecer de pertinho o seu ídolo.

Mas, antes de sair por aí gravando seus vídeos, atenção às regras:
1. A promoção começa hoje, dia 03/05, sexta-feira, e encerra dia 09/05, quinta-feira, às 12h (horário de BSB);
2. O resultado será divulgado nas redes sociais da Íris Produções (Facebook e Instagram) na sexta-feira, dia 10/05, às 10h;
3. O ganhador será contemplado com 1 par de ingressos para o show “Vesúvio”, com Djavan, dia 12/05, domingo, na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, às 19h;
4. Os vídeos devem ser postados no instagram pessoal do participante, com a hashtag #MainhaEuEDjavanNaConcha e marcando o nosso perfil @iris.producoes. Atenção: lembre de deixar o seu perfil do instagram em modo público para que possamos avaliar os vídeos – perfis fechados não enviam notificações de marcações e hashtag;
5. Você pode gravar quantos vídeos você quiser, desde que tenha você e sua mãe juntos e contemple as regras da promoção. Seja criativo, faça aquele vídeo que vai bombar nos nossos corações;
6. O participante deve seguir o nosso perfil (@iris.producoes) – tem que estar lá conosco compartilhando amor;
7. A promoção é destinada para pessoa física, vetada a participação de empresas ou organizações;
8. Ao enviar o vídeo você está autorizando a publicá-lo nas nossas redes.

Duvido que sua ‘mainha’ terá uma presente mais especial que esse.
Manda muitos vídeos e sejam criativos!

Quem é a mulher que habita em você? Vale ingressos para “Deus é Mulher”, com Elza Soares.

A gente sabe que a ansiedade é muito grande para chegar logo o dia 12/04, dia do show “Deus é Mulher”, com a Elza Soares, no TCA. Por isso, resolvemos dar uma ajudinha para você que ainda não conseguiu comprar ingresso (sabe como é… a grana está curta, salário apertado, mas morrendo de vontade de ver essa deusa de perto). Sim! É para você que queremos lançar esse desafio.

Para participar, tem que ser criativo, engajado e muito feminino. Basta responder à seguinte pergunta:

Quem é a mulher que habita em você?

As respostas devem ser enviadas para: atendimento.irisproducoes@gmail.com

Envie a resposta com o seu nome, telefone e perfil no instagram. A equipe da Íris Produções irá selecionar a melhor resposta, que ganhará 1 par de ingressos para curtir esse show que promete ser emocionante. Vale repostas de pessoas de todos os gêneros, afinal, todo mundo tem seu lado mulher.

LEIA COM ATENÇÃO ÀS REGRAS DA PROMOÇÃO:
1. A promoção começa dia 06/04, sábado, e encerra dia 08/04, segunda-feira, 22h (horário de BSB);
2. O resultado será divulgado nas redes sociais da Íris Produções (Facebook e Instagram) na terça-feira, dia 09/04, às 20h;
3. As respostas devem enviadas para o email: atendimento.irisproducoes@gmail.com. Atenção: lembre-se de incluir seu nome, telefone e perfil do instagram junto com a sua resposta (caso não tenha essas informações, a resposta não será considerada);
4. Você pode enviar quantas respostas você quiser, mas seja criativo, faça aquela que vai bombar nos nossos corações;
5. O participante deve seguir o nosso perfil (@iris.producoes) – tem que estar lá conosco compartilhando amor;
6. Promoção destinada para pessoa física, vetada a participação de empresas ou organizações.

Agora é com você.
Vai lá e arrebenta!

Nossa Deusa da música brasileira é mulher

O ano de 2015 foi um marco para vida artística da Elza Soares. Um ano marcado pelo sucesso do seu disco “A Mulher do Fim do Mundo” (2015), e a volta desse fenômeno à cena musical brasileira. Um trabalho autoral que renovou e reforçou a motivação dessa artista em transformar a sua arte em um ato político. Elza, essa mulher do fim do mundo, colecionou muitos prêmios com esse projeto. Ganhou o Grammy Latino, como disco do ano (2016) pelo The New York Times, além de outros prêmios musicais e técnicos de 2015 e 2016. Agora, ela roda esse país com a turnê “Deus é Mulher”, sendo mais. Muito mais!

Com uma carreira sempre pautada pela ousadia, seja pela maneira de cantar, pela atitude no palco ou pelas escolhas artísticas, Elza nos mostra ser uma mulher que ainda muita sede de luta. Em “Deus é Mulher”, ela exalta a energia feminina como a provedora dessa fase energética e sócio-política que vivemos atualmente. Coloca a mulher como uma entidade feminina responsável por gerar a vida, a energia, a arte, como em um útero materno. Um projeto que não deixa barato o seu discurso direto, contundente, global, porém com mensagens propositivas, de renascimento e esperança. De direção musical de Guilherme Kastrup, o álbum já é considerado uma surpreendente performance que supera seus últimos trabalhos. “Não vejo Elza cantando assim desde o disco Do Cóccix ao Pescoço”, afirma Kastrup.

Com 88 anos de idade e mais de 60 de carreira, Elza é só vitalidade artística. O álbum “Deus é Mulher” apresenta 11 faixas que transitam por gêneros diversos, como samba, frevo, rock, pop, bossa, rap e eletrônico, em arranjos sobrepostos por timbres arrojados, ruídos, distorções e dissonâncias, características desse núcleo criativo. Uma mescla de ritmos que se unem a letras de discurso forte, e atento ao que estamos discutindo na sociedade. “Eu acho que nesse momento o Brasil merece um disco assim, ousado, sem papas na língua, sem medo de dizer palavrão, de dizer o que pensa, ao que veio. Assim como A Mulher do Fim do Mundo, acredito que o disco vai servir de inspiração para outros artistas”, aposta a Elza.

Elza em todos os lugares
E o ano de 2018 foi um presente para os fãs de Elza Soares. Foi o ano que ela lançou a sua biografia oficial, escrita pelo jornalista Zeca Camargo, resgatando a sua trajetória da infância pobre ao sucesso, carregada de muitas alegrias e também tristezas. Foi, também, em 2018 que o musical “Elza” levou para o teatro a celebração da carreira dessa artista. As “Elzas”, interpretadas por Larissa Luz, Janamô, Júlia Tizumba, Késia Estácio, Khrystal, Laís Lacorte e Verônica Bonfim evocam a figura dessa artista, protagonista de um enredo repleto de acontecimentos, dificuldades e sobressaltos até a sua aclamação nacional e internacional. E não acaba por aí. O documentário “My name is Now – Elza Soares” (2018) trouxe o olhar e registro da diretora Elizabete Martins Campos, que acompanhou a artista durante três anos. Um registro que traz o olhar da própria cantora sobre a sua arte.

Para nós, um deleite!
Que ela seja muito mais. Que continue sendo essa deusa da música brasileira e permaneça nos presenteando com toda a sua ousadia, potência e arte. O público baiano, certamente, entende o motivo de Deus ser mulher aos olhos de Elza Soares.

______
A íris Produções promove o show “Deus é Mulher”, dia 12/04/2019, na sala Principal do Teatro Castro Alves. Para mais informações sobre o show  e compra de ingressos, [clique aqui].

Foto Divulgação: @callangolino

Produtoras e mulheres, sim senhor!

08 de Março, Dia Internacional da Mulher. Em outros tempos, era o dia de ganharmos rosas e sermos lembradas e agradecidas por nossa jornada dupla, tripla, infinita de cada dia. Hoje, um dia para todas as mulheres se unirem para pensar no futuro. Um futuro de igualdade de gênero, respeito e, acima de tudo, fim dos preconceitos e violência. Sobre igualdade, não há como deixar de mencionar a força das produtoras culturais em Salvador. Elas cresceram, se multiplicaram, mostrando que lugar de mulher, também, é na cultura, seja nos bastidores ou em cima do palco.

Mas, nem sempre foi assim. Durante muito tempo esse espaço de produção e bastidores de shows e eventos foi um ambiente de predominância masculina. Artistas, técnicos, músicos, empresários, sufocavam qualquer tentativa de maior destaque de uma figura feminina. Irá Carvalho, empresária e diretora da Íris Produções, que começou a sua carreira em 1984, ainda na empresa Shock Produções, conta que nunca foi fácil. Ao lado do seu ex-marido, seu sócio na época, Irá afirma que se impor no mercado era questão de talento, que ela naturalmente já carregava desde a infância. “Sempre gostei de produzir, desde a época da escola. Sempre me destaquei no lado cultural, sem saber que depois seria uma produtora”, afirma. Na época, Irá não tinha noção do preconceito que sofreu e só depois aprendeu que a dificuldade era algo real: ser uma mulher e produtora era uma tarefa para as fortes.

Em uma dessas descobertas, Irá conta que ligou para um artista de sucesso da época na tentativa de contratar o seu show. Segundo ela, ao se apresentar como produtora, o artista soltou um “quem é você, menina?” e citou uma série de nomes de empresários masculinos, os quais ele fecharia um show seu, se fosse procurado – “Ele (o artista) não me deu chance de falar mais nada, nem quis me ouvir. Eu não era famosa, nem era homem”, relembra Irá.

Ainda bem que essas mulheres foram persistentes e viraram o jogo! Se listarmos os principais nomes da produção cultural hoje, em Salvador, certamente, iremos lembrar de muitas mulheres que fizeram e ainda fazem o cenário cultural de Salvador ferver. Como diz Irá, “É uma conquista! Estamos vivendo uma nova era!”, seja na sociedade ou nos bastidores dos grandes eventos em Salvador. Que seja! Se as mulheres vão dominar o mundo? Está escrito nas estrelas!

___

Dedicamos esse texto a todas as mulheres produtoras de Salvador. Seria injusto citar nomes, pois elas são muitas (graças a Deus!). Sigamos nessa luta: de ser mulher e fazer cultura nesse país.

Teatro Castro Alves receberá três espetáculos do Ballet da Rússia

Os apaixonados por balé têm um motivo para comemorar nesse primeiro semestre. É que o Teatro Castro Alves (TCA) vai receber três espetáculos diferentes do Ballet da Rússia, companhia que é sucesso mundial e tem direção de Augusto Stevanovich. Quebra-Nozes, com estrelas do Teatro Bolshoi e Kirov do Mariinsky, será o primeiro, no dia 23 de abril.

Os ingressos começam a ser vendidos a partir de amanhã (17), por R$ 120 e R$ 240. As próximas apresentações serão de Ballet Step By Step (18 de maio) e Estrelas do Ballet Russo (16 de junho).

 

Fonte: Correio 24h

Djavan e Nando Reis se apresentarão na Concha Acústica, em maio

Um ano depois da reabertura da Concha Acústica do TCA, a Iris Produções vai movimentar a agenda do espaço, em maio. Dia 26, Djavan apresentará o show Vidas pra Contar, tendo no repertório canções como Não é um Bolero, Encontrar-Te, Oceano e Te Devoro.

Já Nando Reis sobe ao palco dia 7, com o espetáculo Jardim-pomar. Os ingressos de ambos os shows começam a ser vendidos nesta quarta-feira (15), nas bilheterias do teatro, SACs Barra, Bela Vista e site Ingresso Rápido. A plateia sai por R$ 50 (meia) e R$ 100 (inteira), enquanto o camarote custa R$ 100 (meia) e R$ 200 (inteira).

 

Fonte: Correio 24h