Aline Barretto fará show de abertura na Concha Acústica

A aguardada apresentação de Ana Carolina terá o show de abertura da cantora baiana Aline Barretto, um presente da Íris Produções para o público que comparecer à noite do dia 23 de outubro na Concha Acústica do Teatro Castro Alves.

Aline Lígia Dantas Barretto Lima, conhecida artisticamente como Aline Barretto, é cantora, compositora e instrumentista. Desponta no cenário artístico com voz marcante talento único, natural da cidade de Salvador-BA. Seu primeiro contato com a música foi aos cinco anos, onde

foi presenteada com um instrumento musical. A partir daí sua paixão pela música encontrava raízes que, mais tarde, resultaria em belíssimos frutos.

Aos quinze anos iniciou um trabalho profissional. Atualmente apresentando-se em bares e casa de show como cantora solo, Aline já trabalhou com diversos artistas e bandas, onde várias delas acabaram gravando algumas de suas canções. Carlinhos Brown, Sérgio Mendes, Thalía, Banda Eva, Bell Marques, Jammil, Chiclete com Banana, Cheiro de Amor, Netinho, Timbalada e Tomate já fizeram parte do seu trajeto musical.

Da primeira canção à estreia profissional, Aline Barretto ganha os palcos e a admiração do público. Suas apresentações consistem em um repertório vasto de músicas autorais e algumas releituras feitas em seu show. No ano de 2014, lançou seu primeiro single, uma canção de sua autoria denominada “Carta de Amor”. Hit bastante executado nas rádios de Salvador.

Aline Barretto também faz parte da gravadora Sony Music com distribução digital do Aline Barretto Live On line, que reúne vídeos gravados em estúdio, onde mescla música autorais e releituras de sucessos nacionais. As músicas da artista estão em seus canais oficiais do Spotify, iTunes, AppleMusic, Rhapsody e Napster e YouTube.

Quem quiser conhecer de perto essa bela voz pode adquirir o ingresso para o evento na bilheteria do Teatro Castro Alves, SACs dos shoppings Barra e Bela Vista e site www.ingressorapido.com.br.

Efeito Manada se impõe no rock da Bahia

Formada em 2013, a banda Efeito Manada desponta como forte promessa do rock baiano. O primeiro disco autoral foi lançado em 2015 e tem dado triunfos ao trio de músicos, resultado de um trabalho calcado na qualidade e musicalidade.

Um dos destaques na trajetória da banda foi convite para participar da edição deste ano do programa Superstar, da Rede Globo, o que rendeu boa repercussão nacional, com direito ao aval positivo de artistas renomados e do público em geral.

Efeito Manada é formada pela voz inconfundível de Pablo Pitombo, pela guitarra melódica e densa de Osvaldo Segundo e o baixo pesado de Alexandre Processo. O time é complementado com músicos de grosso calibre para assumir as baquetas e instrumentos adicionais. Graças à irreverência, musicalidade e qualidade deste grupo baiano, o número de fãs e pessoas interessadas no som e proposta da banda tem crescido.

Atualmente, Efeito Manada se prepara para gravar seu segundo disco autoral e para participar de festivais pelo Brasil e exterior a fim de levar o seu som para todos os lugares que caibam a força, o discurso e a alegria do Rock.

O Show

Com um repertório montado com todo cuidado, a Efeito Manada tem dado ao público um show de rock rico em energia. Derivado de influências musicais como o R&B, que contribuiu para o desenvolvimento do Rock and Roll, e até mesmo Eletric Blues e Soul Music, a Efeito Manada tem inovado no ramo musical alternativo em Salvador com a audácia de estender-se pelo resto do país resgatando a essência do rock, da música e composição. Com este projeto, Efeito Manada pretende atingir a todas as classes e idades e movimentar as cabeças pensantes da sociedade.

Tudo isso pode ser conferido no dia 30 de outubro, na sétima edição do Rock Concha. Os ingressos podem ser adquiridos na loja oficial do RockConcha no2º piso do Shopping da Bahia, bilheteria do TCA, SACs do Barra e Bela Vista ou site www.ingressorapido.com.br .

 

Ana Carolina e as trilhas de novelas

Ana Carolina é uma das cantoras brasileiras que mais tiveram músicas incluídas em trilhas sonoras de novelas. A contabilidade é grande, são mais de vinte canções que embalaram romances e aventuras de diversos personagens da teledramaturgia brasileira ao longo de mais de quinze anos de carreira.

A relação de Ana Carolina com as novelas não poderia ser diferente, já que foi uma delas que a tornou uma cantora conhecida nacionalmente. Tudo começou em 99, quando “Garganta”, primeiro single da cantora, foi incluída na novela Andando Nas Nuvens, uma estreia em grande estilo, pois a música foi tema da protagonista interpretada por Débora Bloch. Logo ganhou as FMs de todo o país que, a partir de então, queria conhecer a dona daquela voz grave e potente.

A partir de então, Ana Carolina e as novelas nunca mais se afastaram. Ainda em 99, as músicas “Tô Saindo” e “Nada Pra Mim” entraram em Vila Madalena e Malhação, respectivamente, fazendo com que a cantora conseguisse a façanha de emplacar três hits de um primeiro álbum num mesmo ano.

Mas o grande fenômeno aconteceu mesmo em 2001, com “Quem De Nós Dois”, uma verão avassaladora do italiano Gianluca Grignani que foi tema da personagem de Débora Evelyn em Um Anjo Caiu Do Céu. Ainda em 2001, “Ela é Bamba” entrou em As Filhas Da Mãe, mantendo até então uma tradição de trilhas em novelas das dezenove horas quebrada apenas no ano seguinte, quando “Confesso” integrou a trilha da novela em Coração de Estudante, uma novela das dezoito horas.

Ana Carolina já era uma notória hitmaker quando, em 2013, “Encostar Na Tua” foi pinçada para a trilha de Celebridade. No ano seguinte, mais uma novela: a lendária Senhora Do Destino teve “Uma Louca Tempestade” como tema geral. Além das já citadas nesse parágrafo, o bem sucedido álbum “Estampado” ainda entregou à novela Como Uma Onda a balada “Nua”, enquanto em América a trama do personagem de Bruno Gagliasso foi pontuada por “Pra Rua Me Levar”.

Em 2017, Ana Carolina ousou com um CD duplo intitulado “Dois Quartos”, álbum que reservou “Carvão” para a novela Paraíso Tropical e “Aqui” para Desejo Proibido. Em 2009, a regravação Um Dia De Domingo, em que divide os vocais com Celso Fonseca, esteve em Caras e Bocas –  com  o detalhe de que essa música não faz parte de um álbum oficial da cantora; ao contrário de “10 Minutos”, do disco “Nove”, que integrou a trilha da novela Tempos Modernos, assim como “Resta” em Passione. No álbum seguinte, Ana Carolina, em parceria com Maria Gadú, esteve numa versão ao vivo na trilha da novela Araguaia, com “Mais Que A Mim”.

Só o que foi relatado até aqui dava para garantir uma super coletânea com as músicas da cantora em trilhas de novelas, com promessa de ser mais um álbum de sucesso em sua carreira. Mas em 2009, com a canção “Problemas”, Ana Carolina emplacou mais um grande hit através da novela Fina Estampa, faixa de lançamento do disco “Ensaio das Cores”, que também deu a Guerra dos Sexos a música “Simplesmente Aconteceu”.

A novela Salve Jorge contou com um luxuoso dueto entre Ana Carolina e Tony Bennett: “The Very Throungth Of You”. O disco seguinte foi o “#AC”, lançado em 2013, que emprestou “Luz Acesa” para a trilha de Flor do Caribe e “Combustível” para Amor À Vida, mais um grande sucesso de rádios.

Com Em Família, eis um diferencial: pela primeira vez, Ana Carolina pontuava a abertura de uma novela. Aconteceu com a versão que ela fez para o clássico Eu Sei Que Vou Te Amar, a pedido do autor Manoel Carlos. Outra curiosidade aconteceu com “Coisas”, canção que não era inedita do repertório de Ana, mas foi requisitada para I Love Paraisópolis. A novela Babilônia contou com a música “Esperta” e A Regra Do Jogo teve um dos maiores sucessos de rádio de 2015/2016 como temas dos personagens de Vanessa Giácomo e Alexandre Nero: a regravação “Coração Selvagem”.

Com Eta Mundo Bom, o divertido samba “Se Manca” figura, até o fechamento desse texto, como a última música de Ana Carolina em trilha de uma novela. Mas com certeza, enquanto houver novelas, as músicas de Ana Carolina estarão presentes para ajudar o público a viajar nas histórias dos personagens. Basta aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Salvador terá a oportunidade de ouvir Ana Carolina cantar boa parte dessas canções no próximo domingo, dia 23 de outubro, na Concha Acústica, com o show “Grandes Sucessos”. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs dos shoppings Barra e Bela Vista, além do site www.igressorapido.com.br e aplicativo da TicketMix.